Igreja

100 anos do nascimento de São João Paulo II, o Papa da Família

por Pastoral Familiar, 18 de maio de 2020, 0 Comentários(s)

Do magistério às ações pastorais mais práticas, é precioso o legado de São João Paulo II para a Igreja e, particularmente, para a defesa e promoção da vida e da família. No dia em que se celebram os cem anos de seu nascimento, recordemos alguns dos contributos do Peregrino do Amor para o decisivo trabalho da Pastoral Familiar.

João Paulo II, já no início do seu pontificado, falou insistentemente da grande família humana. Também destacou sobre a catequese familiar, dada pelos pais, que atesta a participação do Povo de Deus no múnus profético de Cristo.

https://www.facebook.com/PastoralFamiliarCNBB/photos/a.289708361080319/3094443157273478

Nas reflexões sobre as mais diversas temáticas, João Paulo II fazia questão de ressaltar a missão da família e a importância de uma pastoral familiar.

Porque a imagem da família cristã se encontra hoje em perigo, deve atribuir-se grande importância à pastoral familiar, de modo que as próprias famílias, ao acolher generosamente o dom da vida humana, sejam ‘como que o primeiro seminário’ (Optatam totius, 2) onde os filhos possam adquirir desde o início o sentido da piedade e da oração, e o amor à Igreja“.

Papa João Paulo II na exortação apostólica Pastores Dabo Vobis, sobre a formação dos sacerdotes

Alguns dos marcos do pontificado de São João Paulo II na reflexão, promoção e defesa da vida e da família:

  • EXORTAÇÃO APOSTÓLICA FAMILIARIS CONSORTIO –sobre a função da família cristã no mundo de hoje – 22 de novembro de 1981
  • Criação das Jornadas Mundiais da Juventude – 1985 – 19 delas realizadas durante seu pontificado
  • EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL CHRISTIFIDELES LAICI –
  • sobre a Vocação e Missão dos leigos na Igreja e no mundo – 30 de dezembro de 1988
  • EXORTAÇÃO APOSTÓLICA REDEMPTORIS CUSTOS – sobre a figura e missão de São José na vida de Cristo e da Igreja – 15 de agosto de 1989
  • CARTA ENCÍCLICA EVANGELIUM VITAE – sobre o valor e a inviolabilidade da vida humana – 25 de março de 1995
  • Criação do Encontro Mundial das Famílias, o primeiro realizado em 1994.

Encontro Mundial das Famílias no Brasil

Entre os dias 2 e 6 de outubro de 1997, são João Paulo II fez sua última viagem ao Brasil, durante o II Encontro Mundial com as Famílias, no Rio de Janeiro (RJ). Abaixo, alguns trechos de sua homilia na missa de encerramento:

“Com efeito, a família é esta particular e, ao mesmo tempo, fundamental comunidade de amor e de vida, sobre a qual se apoiam todas as demais comunidades e sociedades. Por isso, invocando as bênçãos do Altíssimo pelas famílias, rezamos juntos por todas aquelas grandes sociedades, que aqui representamos. Rezamos pelo futuro das nações e dos Estados, como também pelo futuro da Igreja e do mundo.

De fato, através da família, toda a existência humana é orientada para o futuro. Nela, o homem vem ao mundo, cresce e amadurece. Nela, ele se torna um cidadão sempre mais maduro do seu país, e um membro da Igreja sempre mais consciente. A família é também o primeiro e fundamental ambiente, onde cada homem distingue e realiza a própria vocação humana e cristã. A família, enfim, é uma comunidade insubstituível por qualquer outra. É o que se entrevê nas leituras da liturgia de hoje.

[…]

Sede portadores de paz e de alegria no seio do lar; a graça eleva e aperfeiçoa o amor, e com ele vos concede as virtudes familiares indispensáveis da humildade, do espírito de serviço e de sacrifício, do afeto paterno e filial, do respeito e da mútua compreensão”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.