Igreja

Ano da Vida Consagrada encerra nesta terça-feira, 2 de fevereiro

por Pastoral Familiar, 1 de fevereiro de 2016, 0 Comentários(s)

consagradosEstimados fieis! No dia 30 de novembro de 2014, 1° Domingo do Advento, teve início, na Igreja Católica, o Ano da Vida Consagrada, a ser concluído dia 02 de fevereiro, terça-feira, festa da Apresentação de Jesus no Templo. Na carta apostólica que anunciava este Ano da Vida Consagrada, o Papa Francisco indicava os objetivos do mesmo, retomando “aquilo que já havia sido indicado na Exortação Pós-sinodal Vita consecrata”: “Vós não tendes apenas uma história gloriosa para recordar e narrar, mas uma grande história a construir! Olhai para o futuro, para o qual vos projeta o Espírito a fim de realizar convosco ainda grandes coisas” (n. 110).

Creio que as reflexões que envolveram a Vida Consagrada durante este ano ajudaram os consagrados e consagradas, de modo particular, e cada família religiosa com seu carisma e missão, a colocar-se na escuta de Deus, sob a luz do Espirito Santo, para fazer uma releitura histórica da sua própria presença na vida da Igreja povo de Deus.

A releitura da presença de um carisma, dom de Deus, dado aos fundadores, precisa de atualização para acompanhar as mudanças que acontecem na Igreja e na sociedade. Atualizar a presença do carisma não significa abandonar o essencial do que recebemos dos fundadores, mas ter disponibilidade para ir ao encontro de novas realidades, de confiar na Divina Providência. Essa confiança nasce quando vivemos uma profunda comunhão entre nós e com o Senhor Jesus. Desta comunhão, brota a força e a coragem que vem do Espirito Santo, para olharmos os novos desafios, não com desânimo, mas como esperança e disponibilidade ao chamado do Senhor da messe.

Somos gratos a Deus porque a nossa Diocese de Erexim foi enriquecida com a presença histórica de vários carismas, que muito contribuíram para o bem da Igreja e do povo de Deus, através da riqueza da espiritualidade de cada um na educação, na saúde, na catequese, na missão e na formação dos nossos seminaristas e futuros sacerdotes. Através do trabalho de centenas de consagradas e consagrados e com a ajuda do povo de Deus, muitas estruturas de educação e saúde foram construídas para servir a comunidade. Hoje, a realidade é outra, as estruturas podem estar tendo outras finalidades, mas a Vida Consagrada continua sendo uma presença de doação, do amor e da misericórdia de Deus na vida da comunidade Igreja, povo de Deus.

Dom José Gislon
Bispo de Erexim (RS)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.