Família
Carta do Papa Francisco para o 10º Simpósio Nacional das Famílias
  • por Tomaz Alves
  • maio 25th, 2020,
  • 1 Comentários(s)

O Papa Francisco enviou uma mensagem para o 10º Simpósio Nacional das Famílias, realizado no sábado, 23 de maio, de forma virtual. Francisco fez um convite para que as famílias sejam animadas pela “criatividade do amor”.

Leia o texto na íntegra:

Excelência Revma. Dom Ricardo Hoepers,
Bispo de Rio Grande e Presidente da Comissão para a Vida e a Família

O Santo Padre, informado da realização do 10º Simpósio das Famílias promovido pela Pastoral Familiar da CNBB, a ser transmitido através dos meios de comunicação social, saúda a todos os que nele tomam parte física ou virtualmente, desejando-lhes fazer chegar uma palavra de esperança neste momento de dificuldade e provação. O Papa, primeiramente, pede para dizer que tem no coração todas as famílias brasileiras, especialmente aquelas que têm algum parente doente ou que infelizmente sofrem o luto neste período de pandemia. Em relação ao tema proposto para o Simpósio deste ano – família e educação – que certamente faz pensar nos desafios que as famílias estão enfrentando para cumprir com a sua missão de educar seus filhos, crianças e jovens, que não podem sair, frequentar a escola, manter contato com os amigos e outros familiares, o Sucessor de Pedro lembra que os pais “são os primeiros responsáveis pela educação dos filhos” (Catecismo da Igreja Católica, 2223). Neste sentido, para além de procurar acompanhar os filhos para que possam, na medida do possível, prosseguir com suas atividades escolásticas, podem fazer desta circunstância insólita uma ocasião para reforçar em seus lares a vivência dos valores cristãos, de modo especial a generosidade; e “mesmo que estejamos isolados, o pensamento e o espírito podem ir longe com a criatividade do amor. É disso que precisamos hoje: da criatividade do amor” (Papa Francisco, Mensagem em vídeo para a Semana Santa de 2020). “Nunca, como agora, houve a necessidade de unir esforços numa ampla aliança educativa para formar pessoas maduras, capazes de superar fragmentações e contrastes e reconstruir o tecido das relações em ordem a uma humanidade mais fraterna (…) juntos procuremos encontrar soluções, iniciar sem medo processos de transformação e olhar para o futuro com esperança” (Mensagem do Santo Padre para o lançamento do Pacto Educativo, 12.09.2019). E, para confirmar mais propósitos que confia à Nossa Senhora Aparecida, o Papa Francisco envia-lhes a Bênção Apostólica, pedindo também que, por favor, não deixem de rezar por ele.

Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *