Família
Casal de contadores fala sobre filhos e educação financeira
  • por Tomaz Alves
  • julho 8th, 2020,
  • 0 Comentários(s)

Saber fazer escolhas, viver com simplicidade e aprender a poupar são dicas valiosas que podem ajudar os pais a educarem seus filhos na questão financeira e também a fortalecerem a união como casal. Este foi o tema da live Hora da Família desta terça-feira, 7 de julho, promovida pela Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF).

O momento de formação e oração conduzido pelo bispo de Rio Grande (RS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB, dom Ricardo Hoepers, teve como convidados o casal de contadores Shirley e Natanael Amaro.

Casados desde 1997, conheceram-se na faculdade em Mato Grosso do Sul e tiveram quatro filhos, sendo três vivos: uma de 21, um de 17 e um de 10. Também membros da Pastoral Familiar e das Equipes de Nossa Senhora, Shirley e Natanael partilharam como trabalham a questão financeira com seus filhos.

Dom Ricardo Hoepers durante conversa com o casal Shirley e Natanael
Dom Ricardo Hoepers durante conversa com o casal Shirley e Natanael

Inicialmente, revelaram que o primeiro passo é o aprendizado com os erros. Em seguida, contaram que ao levar a filha mais velha ao mercado, combinava que ela poderia escolher apenas um produto para levar, uma vez que as crianças costumam pedir guloseimas quando acompanham os pais nas compras.

“A gente foi, desde pequeninha educando ela a fazer escolhas. E a gente ia colocando que a vida não é fácil, então a gente tem que ter responsabilidade e as coisas são limitadas”, pontuou Shirley sobre a estratégia para a conscientização sobre a relação entre recursos financeiros e consumo.

“Como pais, a gente tem vontade de dar aos filhos tudo o que não teve”, sublinhou Natanael. Mas mesmo assim, eles trabalharam com os filhos a importância da simplicidade, evitando o consumo de roupas de marcas, por exemplo.

Outro ensinamento aos filhos foi sobre poupança. Certa vez, contaram, os dois mais velhos juntaram suas economias para comprar um netbook.

Dom Ricardo também perguntou ao casal sobre como equilibrar os desejos de consumo diante das diferentes influências externas, como as tendências da moda, amigos e propagandas. O casal enfrenta esta realidade com transparência. Natanael destacou que é necessário “expor uma fraqueza”, dizendo que não pode dar aos filhos algo que os pais não têm condições.

Outra dinâmica do casal é despertar a consciência sobre o desperdício e a importância das doações, como trocas de roupas. “A gente usa disso para que percebam que a vida não é fácil e que não tem problema nenhum usar um sapato de uma outra pessoa que está em bom estado”, salientou Shirley.

Finanças na vida do casal

Natanael e Shirley também falaram sobre as finanças na relação do casal. Destacaram os problemas da falta de diálogo, da separação financeira e das relações nas quais quem ganha mais acredita ser mais importante. A ideia de que o casal é “Uma só carne, um só bolso” pode ser primordial neste ponto.

O Matrimônio, como nós somos contadores, a gente diz assim, é uma sociedade na qual cada um tem 50% das cotas. Somos sócios, ninguém tem maioria sobre o capital”, brincou Natanael.

Os contadores também explicaram sobre a importância de destinar parte dos recursos para as despesas, parte para uma poupança e outra para a caridade, seja na forma de dízimo ou na ajuda às ações caritativas da Igreja, de modo que sejam aplicados recursos na evangelização.

Assista à live na íntegra:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *