Regionais

Agentes da Pastoral Familiar participam de encontro de espiritualidade em Brasília

por Pastoral Familiar, 9 de março de 2023, 1 Comentários(s)

A Pastoral Familiar da Arquidiocese de Brasília (DF), ligada ao Regional Centro-Oeste da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), promoveu, no último sábado (5), um “Encontro de Espiritualidade” na paróquia São José Operário, localizada na Asa Norte. O objetivo foi motivar o início dos trabalhos deste ano. Cerca de 180 agentes da Pastoral Familiar participaram do evento.

O casal coordenador Arquidiocesano, Silvio e Aline, iniciou o encontro dando boas-vindas e, com muita alegria, saudaram a todos pela presença pois, afinal de contas, este foi o primeiro encontro após a pandemia. Na sequência, o padre Ricardo Ferreira, assessor Arquidiocesano, tomou a palavra e agradeceu aos presentes a disponibilidade em atender a este chamado para, juntos, se reunirem como uma grande família. “Antes de começar qualquer ação na Pastoral Familiar, é preciso primeiro voltar o olhar para a Família de Nazaré para nela encontrar suporte para ser uma igreja doméstica e também uma igreja em saída para, assim, acolher a todos”disse.

Padre Ricardo afirmou ainda que “devemos nos deixar encontrar pelo Cristo através da Palavra para, então, poder servir às famílias que passam por tantas situações difíceis e de grandes ameaças”. Segundo ele, este trabalho da Pastoral Familiar é de vital importância porque elas transmitem a beleza de Deus que, por elas, vêm ao nosso encontro.

O evento ainda contou com a palestra da Irmã Rita Cordeiro, Assessora Eclesiástica. Ela trouxe à reflexão o tema ‘Família: casa da missão; e a beleza de servir na Pastoral Familiar”. Ir. Rita ressaltou que a família tem sua própria identidade, que é ser uma comunidade que manifesta, por assim dizer, a imagem da comunidade que é Deus: Pai, Filho e Espírito Santo, quando busca viver os laços relacionais na sua originalidade. “A família transcende uma beleza tal que merece todo o nosso esforço de evangelização”, disse.

Os coordenadores afirmaram que retomar o trabalho presencial é essencial para a ação pastoral. “O intuito maior foi trazer um conforto espiritual para os participantes”, explicou Sílvio. “Transmitir o sentimento de unidade é uma motivação a mais para aqueles que ainda se sentiam inseguros para sair em missão”, completou Aline.

Para finalizar, houve um momento de Adoração ao Santíssimo, sucedida pela celebração da Santa Missa, presidida por padre Ricardo Ferreira.

Comentários

  1. Altina Rodrigues Costa Durães disse:

    Foi um momento rico de reflexão e acolhida, nos sentimos acolhidos e prontos para acolher aquele com e para os quais trabalhamos.
    As reflexões realmente nos motivaram mais e nos fezizeram sentir Igreja. Momento rico de ensinamentos.
    Já estávamos mesmo com saudades de nos reunir.
    Nossos agradecimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *