Vida

Intenção do Papa: Pelos profissionais de saúde

por Andre Luiz, 5 de abril de 2022, 0 Comentários(s)

A intenção de oração do Papa Francisco para o mês de abril é pelos profissionais de saúde. O novo vídeo que aborda o tema foi publicado nesta terça-feira (5) pela da Rede Mundial de Oração do Papa. “A pandemia, mostrou-nos a entrega, a generosidade dos profissionais de saúde, voluntários, agentes de saúde, sacerdotes, religiosos e religiosas”, destacou o Santo Padre. “Homens e mulheres que dedicam a sua vida a cuidar da saúde do outro”, reforçou.

O Pontífice também fez um apelo pelo compromisso de garantir o acesso a um serviço de saúde de qualidade para todos. De acordo com o relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) “Health Overview 2021”, o mau estado do sistema de saúde tem tido um impacto nos cuidados recebidos pelos doentes. Entre os diferentes fatores, a falta de profissionais de saúde tem sido mais limitativa do que o número de leitos hospitalares ou equipamento técnico.

“Os países mais pobres, os países mais vulneráveis não podem ter acesso aos tratamentos necessários para tratar tantas doenças que as pessoas continuam a sofrer. Isso deve-se com frequência à má gestão dos recursos e à falta de um compromisso político sério”, alertou Francisco. “Apelo aos governos de todos os países do mundo para que não esqueçam que bons cuidados de saúde, acessíveis a todos, são uma prioridade”, completou.

“Rezemos para que o compromisso dos profissionais de saúde em cuidar dos doentes e idosos, especialmente nos países mais pobres, seja apoiado pelos governos e comunidades locais”, concluiu o Papa.

Apoio à categoria

O Pe. Frédéric Fornos S.J., diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, comentou a intenção do Papa Francisco, que está sempre muito atento às pessoas, aos doentes, aos idosos, aos mais vulneráveis. “Este pedido de oração é dedicado aos profissionais de saúde que cuidam deles. Estão atravessando situações de crise e muitas vezes sem apoio adequado, particularmente em países com menos recursos. A pandemia demonstrou que o sistema de saúde e os profissionais de saúde são essenciais para a sociedade. O Papa apela a mais recursos para os apoiar, particularmente em países com um sistema de saúde frágil, caso contrário seremos confrontados com “outras pandemias”, avaliou o diretor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.