Igreja

“Respeitar o conhecimento que vocês têm recebido dos anciãos, dos teus pais, dos teus avós”, disse o papa aos jovens

por Pastoral Familiar, 8 de setembro de 2014, 0 Comentários(s)

papajovensDe 1º a 4 de setembro foi realizado no Vaticano, o 3º Congresso das “Scholas occurrentes”, que trata-se de um encontro do papa com estudantes de diferentes realidades educativas de culturas e religiões.

Em sua fala, o papa Francisco descartou a possibilidade de uma criança crescer abandonada, sem um ambiente cultural, familiar e escolar. Ele contou um episódio de sua infância, quando certa vez desrespeitou sua professora. Sua mãe foi chamada na escola e, ali, o pequeno Bergoglio teve que pedir desculpa pelo ato que cometeu – dando o caso por encerrado.

O papa disse, ainda, que quando um filho é repreendido na escola, os pais querem processar os professores, resultado do pacto educativo que se rompeu. “Nesse sentido, é muito importante fortalecer os vínculos sociais, familiares e pessoais, porque todos – especialmente as crianças e os jovens – necessitam de um habitat realmente humano, em que encontrem as condições para seu desenvolvimento pessoal harmônico e para sua integração na sociedade.”

Conversa com o papa

Na sequência o papa respondeu a perguntas dos estudantes sobre diferentes temas. Durante a audiência, Francisco lançou a plataforma tecnológica de rede das “Scholas Occurrentes”, que prevê a possibilidade de usar as novas tecnologias para favorecer os encontros e as trocas entre estudantes e escolas de diferentes países. O papa participou de uma vídeo-conferência, com estudantes que aderiram à rede de ‘Scholas’, de El Salvador, África do Sul, Turquia européia, Israel e Austrália, representando assim os cinco continentes.

Um jovem perguntou ao papa: “O futuro será melhor ou pior?”. Então, Francisco respondeu:

“Sabes onde está o futuro? Está no coração, está na tua mente e está em tuas mãos! Se tu sentes bem, se tu pensas bem e se tu, com as tuas mãos, segue em frente com este pensar bem e este sentimento bom, o futuro será melhor. O futuro o tem os jovens! Porém atenção, jovens com duas qualidades: jovens com as asas e jovens com as raízes. Jovens que tenham asas para voar, para sonhar, para criar; e que tenham raízes para receber dos idosos o conhecimento que somente os maiores podem dar. Por isto o futuro está em vossas mãos, se tiverdes asas e raízes. Ter asas para sonhar coisas boas, para sonhar um mundo melhor, para protestar contra as guerras.

E ao encerrar seu discurso, o papa pediu aos jovens que respeitem os pais e avós.

“Por outro lado, respeitar o conhecimento que vocês têm recebido dos anciãos, dos teus pais, dos teus avós; dos anciãos do teu povo. O futuro está nas vossas mãos. Apeguem-se a ele para que seja melhor”, orientou Francisco.

Por Assessoria CNPF com News.va

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.