Vida

Realizada a 15ª Marcha Nacional da Cidadania pela Vida

por Luiz Lopes, 8 de junho de 2022, 0 Comentários(s)

Brasília sediou mais uma vez a Marcha Nacional da Cidadania pela Vida contra o aborto. Na terça-feira, 7 de junho, centenas de pessoas percorreram a Esplanada dos Ministérios para a 15ª edição do ato, que alerta os poderes públicos para a necessidade de proteger os nascituros. Antes da caminhada até o gramado à frente do Congresso Nacional, foi celebrada uma missa na catedral metropolitana de Brasília (DF). A celebração foi presidida pelo arcebispo de Brasília, dom Paulo Cezar Costa.

A edição deste ano marcou o retorno da marcha para as ruas, uma vez que nos dois anos anteriores a mobilização foi realizada on-line, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Promovida pelo Movimento Brasil sem aborto, a marcha teve como tema “A vida depende do seu voto – escolha candidatos que defendem a vida desde a concepção”. A proposta foi conscientizar os eleitores sobre a importância do voto na defesa da vida.

O assessor do Setor Vida e Família da arquidiocese de Brasília, padre João Baptista Mezzalira, afirmou que a arquidiocese une-se ao Movimento Brasil sem Aborto em função da causa, “defendendo perante a sociedade que a vida é um dom inviolável e que nós precisamos de recursos do nosso governo, da nossa legislação para podermos proteger a vida contra uma mentalidade de banalização da vida que a gente vê na sociedade de hoje”.

Sobre o tema, ele recordou a tradição de, nos anos de eleição, procurar “lembrar o povo de que, de acordo com as pessoas que nós escolhermos para estarem ali, tanto para o executivo, quanto no parlamento, é importante que a gente possa pensar em nomes de pessoas que não vão ser favoráveis ao aborto, porque, de acordo com a ideologia que uma pessoa tem, vai ser mais fácil de passar algum projeto de lei que vá prejudicar a vida humana”.

Na mensagem da CNBB divulgada durante a primeira etapa da sua 59ª Assembleia Geral, os bispos orientam a escolha por projetos representados por candidatos “comprometidos com a defesa integral da vida”:

Conclamamos toda a sociedade brasileira a participar das eleições e a votar com consciência e responsabilidade, escolhendo projetos representados por candidatos e candidatas comprometidos com a defesa integral da vida, defendendo-a em todas as suas etapas, desde a concepção até a morte natural. Que também não negligenciem os direitos humanos e sociais, e nossa casa comum onde a vida se desenvolve. 

MENSAGEM AO POVO BRASILEIRO
59ª. Assembleia Geral da CNBB

Foto: reprodução Instagram/Brasil sem aborto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *