Família

A exemplo de Santa Mônica, Dom Bruno encorajou as Famílias

por Andre Luiz, 31 de agosto de 2022, 0 Comentários(s)

Na memória litúrgica de Santa Mônica, mãe de Santo Agostinho, o segundo dia do XVI Congresso nacional da Pastoral Familiar iniciou com a missa presidida pelo bispo da diocese de Campo Mourão (PR) e membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Bruno Elizeu Versari.

Na homilia, dom Bruno propôs três pensamentos e um pedido a partir da reflexão da evangelho do dia, em que Jesus apresenta a parábola dos talentos.

“Primeiro: o medo não é bom conselheiro. Deus entrega talentos conforme Ele necessita. Cada um pode multiplicar. E o interessante é o convite: ‘vem participar da minha alegria’. Como o Papa Francisco, especialmente na Evangelli Gaudium, sempre repete: ‘não vos deixem tirar a alegria’; a alegria de serem evangelizadores junto às famílias. Coragem!”, incentivou.

O exemplo de Santa Mônica se relaciona à segunda reflexão: “Não desistam dos seus filhos. Santa Mônica não desistiu do filho. Às vezes, eu também escuto, como os padres, ‘eu não sei mais o que fazer’. Mães, pais: não desistam dos filhos. Coragem! Deus os capacitará nesta missão”.

No terceiro ponto, Dom Bruno destacou a importância da intercessão de todos pela santificação do clero. “Continuem rezando por nós, bispos, padres, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas… Rezem por nós para que, nessa missão junto às famílias, o cansaço não nos detenha”, rogou o bispo.

Enfim, Dom Bruno propôs um momento de silêncio interior, convidando os participantes a olhar para os talentos que Deus deu a cada um e refletir o que foi feito. “O Espírito Santo atua e age no coração que acolhe e se abre a Sua ação. Portanto, um pouco de silêncio, recolhimento. Pensa nos talentos que Deus nos confiou. O que fizemos? Ouçamos o que o Espírito Santo nos diz nesse momento”.

Programação

A programação deste sábado do evento será intensa. Após a missa, o tema da santidade na família será abordado em uma palestra, com apresentação de um vídeo da miraculada do caso de canonização de Santa Gianna Beretta Mola. Ainda na parte da manhã, a sinodalidade será tema de palestra aos participantes.

Na parte da tarde será abordado o tema das redes sociais na família e a Sala das Vocações, um espaço de testemunho vocacional. As fragilidades da família serão abordadas em uma palestra e testemunho no fim do dia. Para encerrar as atividades de sábado, haverá um show e apresentação cultural.

Foto: Jhonath Ribeiro/arquidiocese de Florianópolis (SC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.