Articulistas

Semana Nacional da Família 2022

por Luiz Lopes, 17 de agosto de 2022, 0 Comentários(s)

Cardeal Orani João Tempesta
Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ) 

A Semana Nacional da Família teve o seu início no domingo, dia 14 de agosto, Dia dos Pais, e irá até sábado, dia 20. A Semana Nacional da Família é marcada por celebrações e reflexões sobre a família e que a família é a extensão da Igreja em casa, ou seja, a família é a igreja doméstica, onde se ensina os verdadeiros valores.  

Os pais são aqueles que devem dar testemunho para os filhos, seja o testemunho da fé, como o testemunho moral. Os filhos, normalmente, seguem o exemplo dos pais. Se em casa tem espaço para o amor e para o perdão, os filhos também se comportarão dessa maneira fora de casa. Agora, se em casa não há espaço para o amor e para o perdão, mas somente tem brigas, ódio e violência, os filhos se comportarão assim fora de casa.  

Os pais são convidados a irem com os seus filhos à missa todos os domingos, para que o amor de Deus cresça sempre mais na família. Isso faz com que as crianças vão se acostumando desde cedo com o ambiente da Igreja e serve como um testemunho e, depois na vida adulta, irão para a Igreja por livre e espontânea vontade. Esse é um exemplo de santidade que os pais dão para os filhos.  

O tema escolhido para a Semana Nacional da Família desse ano é: “Amor familiar, vocação e caminho de santidade”. Dentro da família deve imperar o amor e o respeito e esse amor entre os membros da família leva à santidade. Toda vocação é um chamado de Deus e cada um é chamado a viver a santidade na vocação em que abraçou. Por isso, abraçar a vocação familiar é trilhar um caminho de santidade.  

É importante que as famílias tenham tempo para rezar, conversar, sentar à mesa juntos, e é necessário resgatar alguns valores que se perderam com o tempo. Hoje em dia, as crianças ficam muito na televisão, internet e celular. Cabe aos pais arranjarem meios para que as crianças usem menos esses aparelhos e conversem mais sobre o dia de trabalho e estudo, e ainda possam rezar agradecendo a Deus por mais um dia de vida. Além de frequentarem as missas dominicais.  

A Igreja tem um carinho especial pelas famílias e preza por todas. É bonito ver todos os domingos as famílias participando da celebração eucarística. Com o testemunho de fé que os pais transmitem aos filhos, torna-se mais fácil eles participarem dos sacramentos, como a primeira Eucaristia e, posteriormente, a Crisma. Os filhos e netos são a nova geração da Igreja, os pais e avós passarão, mas ficarão os filhos e netos, eles darão continuidade à Igreja.  

Através do testemunho de fé dos pais e os valores cristãos vividos na família, muitos jovens podem se interessar por outras vocações na Igreja, como por exemplo o sacerdócio, a vida religiosa ou consagrada e, ainda, como catequista. A Igreja precisa sempre se renovar e de sangue novo vindo dos jovens que continuarão a verdadeira igreja de Cristo.  

Para a celebração da Semana Nacional da Família é oferecido o subsídio “Hora da Família”. Através desse subsídio, as famílias podem acompanhar as celebrações e encontros de reflexão com temas pertinentes sobre a Semana Nacional da Família. Se não puderem ir à Igreja, podem debater os temas apresentados em casa mesmo. O subsídio conta com sete encontros e uma celebração, que marca o início da Semana Nacional da Família. O livro traz instruções para cada momento, inclusive com a participação das crianças. O subsídio também encontra-se disponível na internet. Cada paróquia recebeu um cartaz para ser colocado no mural incentivando as famílias a participarem da Semana Nacional da Família.  

A Semana Nacional da Família sempre gerou muitos frutos. As famílias que se encontravam em situações difíceis, em que o esposo não falava com a esposa, ou que os pais não tinham boa relação com os filhos, a partir da Semana Nacional da Família, essa situação foi resolvida e o amor e o diálogo voltaram a reinar. Algumas paróquias aproveitam essa semana para realizarem momentos de oração e descontração para os casais. E a partir dos frutos dessa semana, depois promovem o encontro de casais com Cristo.  

Participemos da Semana Nacional da Família e incentivemos outras famílias a participarem também, para que possamos dar o testemunho de fé para os filhos e demais membros da sociedade. Sejamos famílias missionárias que levam o amor de Deus ao mundo.  

Fonte: CNBB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.