Vida

Dom Ricardo aos parlamentares católicos: “legislem a favor da vida e da família”

por Luiz Lopes, 17 de setembro de 2021, 4 Comentários(s)

O bispo de Rio Grande (RS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Ricardo Hoepers, pediu a parlamentares católicos que legislem a favor da vida e da família.

Durante o I Encontro de Parlamentares Católicos a Serviço do Povo Brasileiro, promovido pela CNBB, nos dias 16 e 17 de setembro, houve um momento em que um grupo de bispos apresentou o que a Igreja espera da atuação de vereadores, deputados estaduais e federais e senadores nas casas legislativas.

Defesa da vida

Dom Ricardo pediu lucidez e bom discernimento aos legisladores católicos ao elaborar as leis e ao aprova-las. E recordou que na Sagrada Escritura, na História da Igreja, na Tradição e no Magistério “não faltarão os fundamentos necessários” para que possam discernir quais as leis que estão de acordo com a defesa da vida e “não ferem a sacralidade, a inviolabilidade e a dignidade da vida desde a concepção até o seu fim natural”.

Políticas públicas para as famílias

Outra recomendação é que leiam a exortação Amoris Laetitia para recordar pontos importantes. O bispo citou o parágrafo 42, no qual o Papa afirma: “A Igreja rejeita com todas as suas forças as intervenções coercitivas do Estado a favor da contracepção, da esterilização, do aborto”. E o parágrafo 44, que contém o pedido para insistir nos direitos da família, e não apenas nos direitos individuais.

O bispo destacou que o capítulo II da exortação apostólica apresenta “um panorama real da situação dramática das famílias pobres, migrantes, excluídas, marginalizadas sem acesso a educação, a moradia, ao trabalho”. Os parlamentares também devem estar atentos à falta de políticas públicas às famílias que tem pessoas com deficiência e idosos em situação de vulnerabilidade, que tem filhos sequestrados para o tráfico de órgãos, que são exploradas sexualmente, que são vítimas e reféns do tráfico e da droga.

Bispos falam aos parlamentares católicos o que esperam de sua atuação nas casas legislativas | Foto: CNBB

Teorias de gênero

Outra questão pontuada por dom Ricardo refere-se às teorias de gênero. Citando o Papa Francisco, o bispo deixou claro que a ‘ação do mal’ relacionada à teoria de gênero não é referente às pessoas com orientação homossexual, para quem a Igreja deve prestar assistência pastoral. A preocupação da Igreja refere-se à questão cultural que “quer converter tudo em homogêneo, neutro”. Para o Papa, tais teorias consistem num “ataque à diferença, à criação de Deus e a homens e mulheres”.

Nesse sentido, os parlamentares devem estar atentos ao objetivo dessas teorias em “minar a base da humanidade em todos os âmbitos e em todos os programas educativos possíveis”. De acordo com a citação ao Papa, isso busca se converter “em uma imposição cultural que, em vez de nascer de baixo é imposta do alto por alguns Estados como único caminho cultural possível a se adequar”.

Agradecimento

Ao final de sua fala, dom Ricardo agradeceu aos parlamentares que “incansavelmente defendem a vida e a família, mesmo diante das pressões da mídia e de seus próprios partidos”. Para o bispo, “é um testemunho profético que merece nosso reconhecimento, nosso apoio e nossas orações”.

Apoio para contrapor projetos de morte

O prelado também colocou a Comissão e a Pastoral Familiar à disposição dos parlamentares para auxiliá-los diante dos “projetos de uma cultura da morte que vão contra a vida desde a concepção até seu fim natural” que tramitam nas casas legislativas.

“Esperamos enfim, que nenhum parlamentar se omita, se exima do seu dever de promover, defender e cuidar da família e sejam protagonistas e anunciadores da cultura da vida”, afirmou.

Leia também:

BISPOS FALAM AOS PARLAMENTARES CATÓLICOS O QUE A IGREJA ESPERA DELES NO EXERCÍCIO DE SUA MISSÃO

Comentários

  1. Elaine Cristina Teixeira Cancian disse:

    Parabéns, Dom Ricardo!
    Não canso de falar do quanto o sr é um grande pastor que realmente se preocupa com suas ovelhas.
    É com muita alegria que testemunho seu incansável trabalho em promover a Vida e a Família.
    A pandemia nos trouxe tristeza, mas também trouxe alegrias, acalanto, união, pudemos nos reunir virtualmente do Oiapoque ao Chuí, conhecer novas pessoas, aprender muito com outros amigos que tão distante estavam, assim nos aproximamos e observamos como algumas coisas funcionam em outras comunidades, deixando-nos a reflexão de que podemos fazer diferente.
    Agradeço a Deus por ter a oportunidade de viver tudo isso.
    Agradeço a Deus por sua vida e missão, Dom Ricardo.

  2. P. Martinho Lenz disse:

    Nosso aplauso e apoio às Palavras de Dom Ricardo Hoepers, bispo de Rio Grande, da Pastoral da Familia na CNBB, pedindo aos parlamentares que atuem em favor da defesa e proteção das famílias, combatendo ideologias que desvirtuam o verdadeiro sentido da família humana, segundo o projeto de Deus… um claro não à ideologia do gênero. Que legislem a favor do bem das famílias…

  3. Marinê Nogueira disse:

    Parabenizo a iniciativa de Dom Ricardo, a favor da vida!

  4. SILVIO ANTONIO GASTALDI disse:

    Parabéns!
    Eh exatamente isso que não apenas esperamos,mas exigimos desse s nossos representantes…
    Não se esqueçam que anos que vem teremos eleição e com certeza vocês estar sendo avaliados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *