Regionais

Serviço à vida é tema de Formação em Cascavel (PR)

por Andre Luiz, 21 de julho de 2022, 1 Comentários(s)

Dom Ricardo palestrou durante encontro em Cascavel (PR)

Cerca de 160 agentes da Pastoral Familiar da Província de Cascavel (PR), que reúne as dioceses de Toledo, Palmas-Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu e a arquidiocese local, participaram de uma formação sobre o Serviço à Vida. O encontro, realizado nos dias 16 e 17 de julho, contou com a participação do bispo de Rio Grande (RS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Ricardo Hoepers, do bispo da diocese de Campo Mourão (PR) e membro da Comissão Vida e Família, dom Bruno Versari, e de dom Aparecido Donizeti, bispo auxiliar na arquidiocese de Cascavel, que foi referencial para o Regional Sul 3 até o mês passado.

A formação teve o objetivo de preparar os agentes da Pastoral Familiar para atuar de uma forma transversal nos setores Pré-Matrimonial, Pós-Matrimonial e Casos Especiais com o Serviço à vida.

Saiba mais: Serviço à Vida integra todas as áreas da Pastoral Familiar

O serviço à vida faz parte da Pastoral Familiar, a nível de Brasil, e é um trabalho que vem crescendo cada vez mais. Nós temos todo ano a Semana Nacional da Vida, que é um trabalho organizado para defender a vida, desde a concepção até o fim natural. O serviço à vida vai trabalhar com as mulheres gestantes, trabalhar com as situações de risco, com a questão do aborto, mostrar que a vida sempre vale a pena, mostrar que sempre é possível achar um caminho para salvaguardar tanto a vida da mãe como da criança“, disse dom Ricardo à imprensa local.

Durante o encontro, dom Ricardo analisou a Encíclica Evangelium Vitae e a defesa da vida, Instrução Dignitas personae e as questões bioéticas e abordou o Serviço à Vida e os setores da Pastoral Familiar. “O serviço à vida trabalha com a questão do sentido da vida. Quantos suicídios vêm acontecendo, quantas pessoas estão perdendo a vontade de viver, e aí, os grupos da Pastoral Familiar se reúnem em trabalhos de escuta, acompanham, dão suporte psicológico, afetivo, espiritual”, contou o bispo.

O presidente da Comissão Vida e Família ressaltou ainda que o Serviço à vida é um trabalho muito importante para toda a sociedade.

“Num mundo em que a vida está abandonada, excluída, a Igreja vem com a Pastoral Familiar e diz: “A vida vale a pena, porque a vida é dom de Deus”.

Dom Ricardo Hoepers

O Encontro de Formação foi realizado na Catedral Nossa Senhora Aparecida, em Cascavel (PR).

Missa de encerramento do encontro de formação sobre o Serviço à Vida em Cascavel (PR)
Fotos: Cloves Angeleli
Texto: Diácono Juares Celso Krum - agente de comunicação do Regional Sul 2
Edição: André Luiz Gomes

Comentários

  1. Célia B. B. Martins disse:

    Participei e sou muito grata, pela oportunidade.

    Grata a todos que de alguma forma se disponibilizaram para estarem lá.
    Precisamos de pessoas que lutam pela vida, por todas as vidas!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.