Família

As perspectivas da Pastoral Familiar para 2022

por Luiz Lopes, 6 de janeiro de 2022, 6 Comentários(s)

O ano de 2021 foi de muito trabalho. E 2022 também promete intensas mobilizações e novidades para anunciar o Evangelho da Vida e da Família. A Pastoral Familiar vai trabalhar na atualização de publicações, animar as dioceses na celebração do X Encontro Mundial das Famílias e promover sua assembleia eletiva e seu XVI Congresso Nacional, em Santa Catarina. Confira o que temos como perspectivas para este ano:

Pandemia

A pandemia da Covid-19 ainda não terminou, mas muitas atividades já estão com previsão de acontecer presencialmente por conta nos avanços da vacinação. Nesses quase dois anos, aconteceram muitas mudanças na dimensão pastoral, sobretudo com a questão da virtualidade. Assim, a Pastoral Familiar é convidada a refletir sobre a a realidade para, assim, devagar aproveitar bem as possibilidades do formato on-line e buscar segurança para o presencial.

Guias da Pastoral Familiar

Para este ano, a Pastoral Familiar pretende continuar e até concluir as adaptações iniciadas nos guias de implantação na paróquia, dos setores pré e pós-matrimonial e casos especiais, além do Guia do INAPAF. 

Segundo padre Crispim Guimarães, assessor da Comissão Vida e Família e secretário executivo da Comissão Nacional da Pastoral Familiar, as adaptações propostas enriquecem os documentos com a eclesiologia do Concílio Vaticano II; com as reflexões da Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, retomando o Documento de Aparecida (2007); e palavras do Magistério dos Papas Bento XVI e Francisco. Os responsáveis pela atualização dos materiais foram motivados também a consultar os textos do fórum Amoris Laetitia, realizado no ano passado. 

“Nossa proposta é tornar esses guias mais leves e mais adaptados à realidade atual”, explica padre Crispim.

Hora da Família e Hora da Vida

A CNPF quer incentivar e intensificar o uso dos subsídios Hora da Família e Hora da Vida nas comunidades. 

São materiais formativos, que buscam criar comunidades eclesiais missionárias ou cada vez mais incentivar aquelas que tem a se tornarem mais presentes em nossas comunidades, criar vínculo entre os membros da família e das famílias entre si, promover a solidariedade e a fraternidade na vida comunitária e os dois materiais visam promover valorizar e cuidar da família e da vida“.

Padre Crispim Guimarães

E para este ano, já estão disponíveis para aquisição o Hora da Família com encontros mensais e o Hora da Família para a Semana Nacional da Família, que traz já incluso o Hora da Vida para a Semana Nacional da Vida. Os dois livretos estão disponíveis em nossa loja virtual e também no aplicativo Estante Pastoral Familiar

Itinerários

Na perspectiva de promover a iniciação à vida cristã por meio de processos mistagógicos, a Pastoral Familiar quer fortalecer a aplicação dos itinerários já existentes, para o sacramento do matrimônio e também para recém-casados, mas também novos recursos. 

Neste ano, a ideia é formar equipes nos regionais e dioceses para descentralizar a formação para os noivos, fazendo com que as próprias dioceses ou regionais tenham suas equipes. Outra ideia é criar grupos para recém casados, oriundos, sobretudo, do itinerário de noivos.

As novidades ficam por conta do itinerário para o pós-crisma, em desenvolvimento pelas Comissões Vida e Família, Juventude e Animação Bíblico-Catequética da CNBB, além de um para grupos de namorados, com previsão de lançamento para segundo semestre.

Grupos de famílias 

A Pastoral Familiar quer também motivar a criação de grupos de famílias nas dioceses. “É muito importante que as nossas paróquias tenham grupos de famílias, muitas dioceses tem grupos de famílias pelas comunidades, mas também nós também temos os grupos ambientais que são aqueles afins, e é muito importante que a gente tenha nesta perspectiva o cuidado com as famílias”, salienta padre Crispim. 

A Pastoral Familiar é formada de gente, não só de casais, por isso grupos de famílias. É importante que a gente crie esses grupos pensando nesse cuidado, em nossas paróquias, porque, quando se cria vínculo, obviamente se protege de muitas situações que a gente sabe que aqueles que não tem vínculo, nem com a comunidade, nem nesses pequenos grupos, infelizmente não tem como se proteger“, sublinha o secretário executivo da CNPF.

Segundo padre Crispim, o subsídio Hora da Família mensal ajuda nesse processo de condução para os grupos de famílias. 

Campanha da Fraternidade 2022

Campanha da Fraternidade 2022

Com o tema “Fraternidade e Educação”, a Campanha da Fraternidade 2022 está mais uma vez relacionada à missão da Pastoral Familiar e vai abordar uma temática que foi objetivo de reflexão no Simpósio de 2020. Assim, a ideia é trabalhar a CF 2022 com os verbos “escutar, discernir e propor”, se inserindo nas comunidades e ajudando com a reflexão. No mês de fevereiro, vamos fazer três lives (a princípio, nos dias 7, 14, e 21/2) para aprofundar o tema. 

Lives com os regionais

Com o objetivo de apresentar as atividades e iniciativas da Pastoral Familiar nos Regionais da CNBB pelo Brasil, será promovida uma série de lives com as coordenações regionais da Pastoral Familiar. O material apresentado durante as transmissões ao vivo nas redes sociais vai corresponder a parte do relatório anualmente partilhado na Assembleia Nacional da Pastoral Familiar. 

Encontro com movimentos 

A Pastoral Familiar continua estreitando os laços com os movimentos eclesiais que atuam com as famílias. Nesse sentido, haverá um encontro presencial com representantes de 13 movimentos no mês de fevereiro. Será oportunidade para convidá-los para celebrar o X Encontro Mundial das Famílias nas suas respectivas dioceses e falar da caminhada da Pastoral Familiar e da inserção dos mesmos na vida da comunidade local. 

Simpósio Nacional 

Neste ano, o Simpósio Nacional das Famílias será on-line pela terceira vez. O tema será “Família e formação do laicato”. Estará com a Comissão Vida e Família como parceira nesse processo a Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB, que possui muitas formações pertinentes à inserção dos cristãos leigos na sociedade e também está sob o guarda-chuva do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida do Vaticano. 

Visita aos bispos

Uma das iniciativas da Pastoral Familiar no Brasil durante o Ano Família Amoris Laetitia, é a visita dos coordenadores regionais ou casais delegados aos bispos diocesanos e aos seminários para verificar como inserir o tema família na formação dos futuros presbíteros. Padre Crispim garante que “quem fez a visita aos bispos sentiu como surtiu efeito”.

A ideia da iniciativa é estreitar laços, apresentar textos do Fórum Amoris Laetitia e do X Encontro Mundial das Famílias e salientar o capítulo VI da exortação Amoris Laetitia, no qual há referencia à formação dos padres e seminaristas, tendo a participação das famílias. 

Na diocese de Cruz das Almas (BA), esse contato já deu frutos. Confira o vídeo. 

Fórum Amoris Laetitia

Uma das atividades mundiais do Ano Família Amoris Laetitia, o Fórum promovido pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida. Do evento, os materiais de partilha foram traduzidos para o português e estão disponíveis para estudo e aprofundamento no portal Vida e Família. Clique aqui e confira. 

X Encontro Mundial das Famílias 

Com um formato “multicêntrico”, a pedido do Papa Francisco, o X Encontro Mundial das Famílias, de 22 a 26 de junho, deverá ser celebrado nas dioceses. Aqui no Brasil, caberá à Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB motivar e auxiliar as celebrações diocesanas. Há uma proposta de programação que as Igrejas locais podem adaptar e serão transmitidos ao vivo pela internet eventos em Roma e celebrações com o Papa Francisco. 

Assembleia da Pastoral Familiar e XVI Congresso

Adiada por conta da pandemia, a eleição da nova coordenação da Pastoral Familiar deve ocorrer na próxima Assembleia, que voltará a ser realizada presencialmente. Por conta sobretudo de custos, a Comissão Nacional com as coordenações regionais decidiu que o encontro vai ocorrer dois dias antes do XVI Congresso Nacional da Pastoral Familiar, marcado para os dias 26, 27 e 28 de agosto, em Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis (SC). 

As inscrições para o Congresso já estão abertas. Acesse o site do congresso e inscreva-se: http://congressopastoralfamiliar.org.br/

Nova fase INAPAF

A formação do Instituto Nacional da Família e da Pastoral Familiar (INAPAF) deverá contar com uma quarta fase em 2022. Esta será composta pelo Serviço à vida, “fazendo com que seja assumido por toda a Pastoral Familiar”.

Comentários

  1. Joserisse e Marilac disse:

    A missão da Pastoral Familiar é a maior fonte de Evangelização para Famílias. Sublime missão..

  2. Marluce Oliveira disse:

    Muito importante estas perspectivas da Pastoral Familiar, para que a evangelização aconteça com mais frequência nas famílias. Aqui em nossa Paróquia a Pastoral Familiar já é responsável pela formação dos noivos. Usamos o subsídio da Pastoral Familiar. Achei muito importante Padre Crispim frisar que a Pastoral Familiar não é só de casais, mas somos uma pastoral de agentes, importantíssimo para quebrar paradigma de pastoral de casal( aqui temos jovens, viúvas e crianças) como agentes. Obrigada

  3. ANA RAQUEL disse:

    Excelente informativo, pois já traz um norte e as perspectivas para os planejamentos das ações de evangelização.

  4. ALESSANDRO CONCEICAO DE OLIVEIRA LIMA disse:

    Paz e bem!!

    Queremos entender… Ou estamos a procura qual data será a semana nacional da família de 2022, uma vez que a hora da vida será de 1⁰ a 7 de outubro.
    Por favor!

    1. Luiz Lopes disse:

      Olá, Alessandro! A Semana Nacional da Família será celebrada de 14 a 20 de agosto.

  5. Alessandro Lima disse:

    Obrigado Luiz Lopes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.