Regionais

Pastoral Familiar em Brasília recebe formação

por Andre Luiz, 16 de novembro de 2021, 0 Comentários(s)

A Comissão Arquidiocesana da Pastoral Familiar de Brasília promoveu uma capacitação para os agentes da Pastoral Familiar de Brasília. O objetivo foi aprofundar sobre a história e a estrutura da Pastoral Familiar. Cerca de 120 pessoas participaram do encontro on-line no início de novembro.  A apresentação foi desenvolvida em três partes: reflexão da palavra, histórico da e Estrutura da Pastoral Familiar. 

Foto: Reprodução/Divulgação

Reflexão da Palavra

A reflexão da Palavra foi conduzida com a intenção de que todos refletissem sobre duas grandes qualidades de Jesus: a obediência e a humildade, bem como sobre a unidade que Ele pediu aos apóstolos. Para isso, foram escolhidas as passagens do Evangelho de São João: 6,38; 13,4-5; 15,4-5.16; 17,22-23 e de São Mateus 16,17-19. Essas leituras ajudaram a meditar sobre a importância de os agentes da Pastoral Familiar seguirem os ensinamentos de Cristo.

Histórico da Pastoral Familiar

Em seguida, foi feito um breve histórico sobre a Pastoral Familiar recordando desde os seus primórdios – quando o Papa Paulo VI, sensível aos problemas que naquela época já afetavam as famílias, alertou para que a Igreja dirigisse “uma atenção especial para algumas necessidades mais urgentes do nosso tempo, que profundamente afetam a humanidade. Entre as muitas questões que hoje a todos preocupam, importa relevar particularmente: o matrimônio e a família”.

Além disso, citou-se também a Familiaris Consortio, fruto do sínodo das Famílias-1980, em que o Santo Papa João Paulo II despertou para uma real motivação para a implementação da Pastoral Familiar. Por fim, foi feita uma explanação sobre os passos percorridos para a concepção do Diretório da Pastoral Familiar, documento que, como o próprio título indica, apresenta um direcionamento para uma ação pastoral concreta.

Estrutura da Pastoral Familiar

Na sequência, foi demonstrada também a organização estrutural da Pastoral Familiar. O objetivo foi compreender que conhecer e seguir o modelo organizacional da Pastoral Familiar é imprescindível para que haja uma atuação pastoral real, atuante, intensa e vigorosa, como tanto pede a Igreja.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *