Igreja

Pastoral Familiar promove 23ª Assembleia Regional no NE 2

por Luiz Lopes, 9 de novembro de 2021, 1 Comentários(s)

Após dois anos sem encontro presencial, a Pastoral Familiar do Regional Nordeste 2 da CNBB voltou a se reunir no Convento de Santo Antônio, o Ipuarana, em Lagoa Seca (PB). Entre os dias 5 e 7 de novembro, promoveu a 23ª Assembleia Regional, que contou com a presença dos casais e agentes da Coordenação Regional, casais coordenadores diocesanos, assessores eclesiásticos, casais representantes de Movimentos e Serviços e o bispo referencial para a Vida e Família no Regional, dom Dulcênio Fontes de Matos. Além dos momentos formativos, foi apresentado o novo assessor, eleita a coordenação regional, entre outras deliberações.

A assembleia começou na sexta-feira (5) à noite com a palavra acolhedora de dom Dulcênio, que palestrou sobre o tema “Pão em todas as mesas”, que dá título ao XVIII Congresso Eucarístico Nacional a ser realizado no próximo ano em Olinda e Recife. O prelado refletiu que a mesa que o Senhor prepara para todos os seus filhos é o banquete eterno, que é antecipado e vivenciado toda vez em que se comunga da Eucaristia.

Participamos deste banquete todas as vezes que recebemos a Santa Eucaristia, presença real de nosso Senhor! É a antecipação sacramental da festa da eternidade, do domingo sem fim que viveremos na presença do Ressuscitado. É que chamamos na teologia de o já e ainda não. Já temos posse dessa realidade, mas ainda não plenamente”, disse.

Novo assessor

Adiante, a plenária avaliou o Plano Pastoral Missionário de 2021, que em meio ao quadro de pandemia, foi considerado positivo, uma vez que a pastoral seguiu suas ações. Além disso, dom Dulcênio apresentou o novo assessor eclesiástico da Comissão Regional, padre Elvis Feliciano, da arquidiocese da Paraíba.

A assembleia continuou no sábado (6), iniciando com a celebração Eucarística presidida por dom Dulcênio e concelebrada pelos padres assessores presentes. Padre Elvis proferiu a palestra “Família, casa da Caridade a Serviço da Vida” e o grupo pôde contar com a reflexão sobre a importância da família, enquanto igreja doméstica, colocar-se a serviço das demais famílias e dos irmãos a fim de promover a caridade.

Trabalhos em grupo e videoconferência para os assessores

Em seguida, os presentes foram divididos para os trabalhos em grupo: 1) Assessores; 2) Dioceses do RN e AL; 3) Dioceses da PB; 4) Dioceses de PE (Litoral, Mata e Agreste) e 5) Dioceses de PE (Sertão). Cada grupo trabalhou as perguntas propostas por Pe. Elvis. Enquanto isso, os assessores contaram com uma videoconferência com o assessor nacional da Pastoral Familiar, padre Crispim Guimarães, que oportunizou trabalhar o papel dos assessores e as propostas da Pastoral Familiar para o Ano Família Amoris Laetitia, para o Encontro Mundial das Famílias e demais ações para a dinamização da Pastoral Familiar nos Regionais, Dioceses e Paróquias.

Deliberações

O período da tarde iniciou com a plenária na qual os relatores dos grupos apresentaram os resultados das discussões, que subsidiarão as propostas de reprogramação do plano Pastoral. Depois, a Assembleia iniciou seu primeiro processo deliberativo, com o primeiro ponto a Atualização do Regimento Interno da Comissão Regional, visto que o regimento em vigor é de 2014 e necessitava de atualizações para acompanhar a evolução da Pastoral Familiar.

O processo de atualização do regimento começou com o envio da primeira versão a todos os casais e assessores diocesanos para sugerirem alterações e acréscimos, que compôs o documento de trabalho que todos receberam no início da Assembleia. Foram lidos os artigos, apresentados alterações e votado. Por fim, o novo Regimento Interno da CRPF foi aprovado por todos os presentes.

O segundo momento deliberativo foi a eleição dos novos casais coordenador e vice para o triênio 2022 – 2024. A primeira votação foi para o casal Coordenador Regional. O casal coordenador atual, Milton e Lourdes, foi reconduzido ao cargo. Para o cargo da vice-coordenação, o casal Luiz e Dilma, da diocese de Mossoró, foi eleito em terceiro escrutínio. Os casais eleitos, junto a dom Dulcênio e padre Elvis, seguirão planejando e executando a caminhada da Pastoral Familiar para os próximos anos. No final da noite os agentes vivenciaram um momento de descontração e troca de presentes.

Padre Elvis, o casal vice-coordenador (Luiz e Dilma), dom Dulcênio e Milton (Lourdes não pôde participar).

Encaminhamentos

No domingo, os trabalhos foram reiniciados com a entrega dos certificados do INAPAF aos coordenadores diocesanos, para que façam, em suas dioceses, a entrega dos mesmos aos agentes que participaram da formação no ano em curso. Depois, foram relembradas as propostas do Ano Família Amoris Laetitia, e solicitado aos presentes que na vivência das ações da Pastoral Familiar nas Dioceses e Paróquias, fossem levadas em consideração, além da vivência do Pilar Caridade.

Os participantes também discutiram a reprogramação do Plano Pastoral para o ano de 2022 e ficou decidido o adiamento do 3º Congresso Regional da Pastoral Familiar para o ano de 2023, que será sediado pela diocese de Campina Grande (PB). O encontro também foi ocasião para apresentação de datas para o calendário de 2022, com destaque ao 10º Encontro Mundial das Famílias e o 16º Congresso Nacional da Pastoral Familiar. Nesse momento, o casal coordenador nacional da Pastoral Familiar, Luiz e Káthia Stolf cumprimentou os presentes por videochamada e externou a satisfação por todo trabalho realizado pelo Regional, pelas dioceses e paróquias.

Na conclusão do encontro, os agentes participaram da Missa presidida por dom Dulcênio. Ao final da celebração, a Comissão Regional presenteou o atual assessor eclesiástico, padre Ediberto, e agradeceu pela sua missão nos quatro anos como assessor regional. Os agentes também foram presenteados com uma cruz, simbolizando o envio à missão de levar o Evangelho da Família a todas as paróquias do Regional, e a Oração à Sagrada Família que conclui a Exortação apostólica Amoris Laetitia.

A Assembleia contou com a participação de 13 Assessores Eclesiásticos, 19 Coordenadores Diocesanos. O casal Flávio e Cristina representou o movimento Equipes de Nossa Senhora e Halisson e Gau representaram o Encontro de Casais com Cristo (ECC) e os agentes da Coordenação Executiva Regional.

Texto e fotos Geovaneto e Juliana Vilar - Agentes de Comunicação da Pastoral Familiar Regional Nordeste 2 

Comentários

  1. Maria Eugênia Lima dos Santos disse:

    Parabéns pelo congresso tão bem conduzido, por Dom Dulcênio e os demais assessores e todos que estiveram envolvidos.
    A equipe diocesana de Mossoró está muito feliz por Luiz e Dilma serem os novos vice coordenadores do regional nordeste2.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *